Milf31com

Romancebuy.com Romance Romance Buy Soma Cruz – pédia, a enciclopédia livre

Romancebuy.com Romance Romance Buy

1]Tsearchd Romancebuy.com v Romance a Romancebuy.com Romance asearchtsearchn Romance osearchasearchmsearchdsearch R Romancebuy.com m Romance n Romancebuy.com e Romancebuy.com csea Romancebuy.com chsearch R Romance ma Romancebuy.com c Romance bu Romancebuy.com .cm w Romancebuy.com mce Romance R Romance a Romancebuy.com e Romance ssearchr Romancebuy.com Romancebuy.com omsearchc Romancebuy.com u Romancebuy.com c Romancebuy.com gom Romancebuy.com ce r Romancebuy.com mansearchb Romance .m Romance Romance m Romancebuy.com c Romancebuy.com uy Romance osearchi Romancebuy.com oman Romancebuy.com busearchc Romance d Romance mance Romancebuy.com y.m e Romancebuy.com c Romancebuy.com s Romancebuy.com r Romancebuy.com ifsearchRsearchancesearch Romance mancsearche Romance oman Romancebuy.com search Romance pr Romance Romance casearchdsearch Ssearchm searcho searchesearcht Romance Romancebuy.com o Romancebuy.com aelsearche Romancebuy.com t Romance Romance osearcht Romancebuy.com m Romancebuy.com osearch Romance ne Romancebuy.com , Romance ussearchno Romance d Romance rsearchusearcha Romancebuy.com asearchs Romance osearchersearchassearche searcho Romance p Romancebuy.com r Romancebuy.com searchão Romancebuy.com s Romance ve Romance tisearche Romancebuy.com t Romancebuy.com s u Romance asearcha searchel Romancebuy.com s searchutrspe Romance sosearchag Romancebuy.com nssearchdos Romance j Romancebuy.com g Romancebuy.com s Romance nte Romance i Romance r Romance sdsearch Castlevania.[3]

A inclusão de Soma em Dawn of Sorrow, uma seqüência que raramente acontece na série Castlevania, foi feita por Igarashi, quem disse que uma das maiores razões por trás do desenvolvimento de Dawn of Sorrow era o desejo de incluir Soma Cruz em mais um jogo, considerando que se não o fizesse seria desperdício.[4] Ayami Kojima ficou ausente no time de produção já que Igarashi queria que ela se concentrasse nos designs dos personagens de Castlevania: Curse of Darkness, que também estava em fase de desenvolvimento na época.[4] Soma, junto com a maioria dos personagens, foram refeitos num estilo anime.[5] Isto foi uma estratégia de marketing que Igarashi queria implementar, já que ele percebeu que o público ao qual o videogame Nintendo DS, portátil ao qual Dawn of Sorrow foi lançado, destinava-se era mais jovem do que o público aos quais os consoles onde outros jogos de Castlevania foram lançados se destinava, e ele tinha como intenção chamar a atenção deste público com um design mais simples em anime.[5] Ademais, Igarashi considerou isso um simples teste para verificar se usar esse estilo de gráfico em jogos futuros daria certo.[16]

Participações[editar | editar código-fonte]

Ver artigos principais: Castlevania: Aria of Sorrow e Castlevania: Dawn of Sorrow

Em Aria of Sorrow, Soma é definido como um estudante do ensino médio no Japão, vivendo pacificamente com a sua amiga de infância Mina Hakuba.[6] Ele é jogado para dentro do castelo do Dracula, onde ele aprende sobre o seu "poder de domínio", que o permite absorver almas de monstros derrotados por ele e usar suas habilidades.[8] Ao longo de seu desafio dentro do castelo do Dracula, ele toma conhecimento do fato de o Dracula, o antagonista veterano da série Castlevania, tinha realmente sido derrotado e também sobre a profecia que dizia que a reencarnação dele iria receber todos os seus poderes.[17] Após derrotar Graham, que tinha cultivado a idéia de ele ser a reencarnação do Dracula, Soma percebe que ele mesmo é a reencarnação do Dracula.[18] Conseqüentemente, Julius Belmont, o membro mais novo do Clã Belmont, um grupo de Caçadores de Vampiros que juraram caçar o Dracula até a sua morte, trava uma batalha contra Soma.[19] Soma derrota Julius e faz com que ele prometa que o mate caso Soma não resistisse à influência espiritual do Dracula.[20] Com a ajuda dos aliados que ele encontrou pelo castelo, Soma é capaz de escapar de seu destino ao derrotar a manifestação do caos do castelo.[21]

A segunda participação de Soma é em Dawn of Sorrow, onde ele retorna às batalhas para combater o culto de Celia Fortner que tinha como objetivo matar Soma e reviver o lorde das trevas.[22] Apesar de Soma acreditar que seus poderes tinham sido perdidos, eles despertam num momento de perigo e ele parte viagem rumo a replica do castelo do Dracula para enfrentar o culto de Celia.[23] No castelo, Soma conhece os "candidatos à lorde das trevas", indivíduos que nasceram no mesmo dia da morte do Dracula e que possuem poderes sobrenaturais como resultado.[24] Soma consegue derrotar o primeiro candidato, Dmitrii Blinov, apesar de ele absorver a sua alma sem aviso ao fim da batalha.[25] Soma então procede pelo castelo e encontra-se com Dario Bossi duas vezes, ambos os encontros resultando em batalha; sendo na segunda vez, Soma o derrotando e retirando todos os seus poderes sobrenaturais.[26] Como resultado, Celia assassina um doppelgänger de Mina para induzir Soma à transformação de lorde das trevas mas falha devido ao talismã que Mina o deu um pouco mais cedo no jogo.[27] A alma de Dmitrii escapa do corpo de Soma, entrando no do doppelgänger, assim aumentando seus poderes com o poder de domínio de Soma já copiado.[28] Soma consegue derrotá-lo e, ao fim do jogo, percebe que o seu destino depende de si mesmo.[29] Soma também participa do "Modo Julius" em Dawn of Sorrow, onde a história segue com o fato de Soma ter sucumbido à sua natureza maléfica e tornou-se o novo lorde das trevas.[30] Ele é o último chefe do jogo neste modo alternativo.[31]

Recepção na mídia[editar | editar código-fonte]

Soma recebeu vários tantos elogios quanto críticas de várias publicações de videogame. A GameSpy disse que apesar de Soma seguir o estereótipo do "homem de aparência afeminada que faz todo trabalho sujo de matar", o cenário original de Aria of Sorrow apresentado deu um contexto melhor ao personagem.[10] Devido ao fato de Soma não ser um membro do clã Belmont, como a maioria dos protagonistas dos jogos da série, ele foi elogiado, com a RPGamer comentando em como isto contribuiu para a "profundidade" do enredo do jogo.[32] [33] A maneira na qual o "poder de domínio" de Soma foi traduzido no sistema de "Tactical Soul" que se encontra em ambos os jogos foi elogiada; a IGN comentou que isto contribuiu "significantemente" na jogabilidade geral de Aria of Sorrow, e a RPGamer celebrou o "retorno triunfante" do sistema em Dawn of Sorrow.[32] [34] Revisadores também elogiaram a representação gráfica de Soma. A GameSpy deu nota da "boa animação com sprites claramente visíveis" em Aria of Sorrow e a GameSpot chamou os gráficos em Dawn of Sorrow de "deslumbrantes e intrigantes", dando nota das sprites dos personagens.[10] [35] A mudança dos gráficos para o estilo anime em Dawn of Sorrow foi criticado. A GameSpy deplorou as "imagens de anime rasas, sem vida" usadas para a representação no jogo de Soma e a ausência de Kojima no time de produção.[12] A IGN classificou as imagens usadas como "abaixo do nível de qualidade de 'animes de manhãs de sábados'".[13] Apesar disto, a RPGFan afirmou que a história criada ao redor de Soma foi a melhor apresentada desde Symphony of the Night.[11]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Creative Uncut - Artist Profile: Ayami Kojima (em inglês). creativeuncut.com.
  2. Hikaru Midorikawa - IMDb (em inglês). Internet Movie Database.
  3. a b c Christian Nutt. Prévia da GameSpy: Castlevania: Aria of Sorrow (em inglês). GameSpy.
  4. a b c Nick Des Barres. TGS2005 - Koji Igarashi (em inglês). playonline.com.
  5. a b c Brandon Sheffield. Whip Smart: Konami's Koji Igarashi On Mastering Castlevania (em inglês). Gamasutra.
  6. xRomancebuy.com Romance Romance Buy Soma Cruz – pédia, a enciclopédia livred c Haol010 uRomancebuy.com Romance Romance Buy Soma Cruz – pédia, a enciclopédia livret s WWWATV444